quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Chovia lá Fora

Aquele dia cinzento
que as águas prometiam
foi certeiro em seu intento
com as gotas que caíam.

E absorto em minhas tristezas,
na desolada sala vazia,
eu notava a luz do poste
que na janela reluzia.

Tão longe em meus pensamentos,
naquela sua imagem perdida,
relembro alguns breves momentos
anteriores à sua partida.

Enquanto a chuva caía lá fora
eu ficava aqui dentro a espiar
a doçura com que a água ia embora
em seu leve e fugaz marulhar.



Amir Sahid
Postar um comentário