quarta-feira, 14 de agosto de 2013

O Sol Ainda Brilha na Aurora



A vida sempre oferece chance
De novos e felizes recomeços;
Coloca sempre a nosso alcance,
Um redimir-se dos tropeços.

Viver, sofrer, amar,
Tudo fases da vida;
Chorar, calar, se dar,
Sentir a dor da ferida.

Recolher-se a um canto,
Enquanto a tempestade, passa;
Flor seca, murcha, sem encanto.
Antes fogueira, agora fumaça.

Lamentar pelo que viveu?
Injuriar-se por desprezo sofrido?
Deixe lamentar-se, quem não viveu,
Quem não quis o amor oferecido!

Levanta, sacode a poeira.
Venha ver a vida, aqui fora.
Ame de novo, como da vez primeira.
O sol ainda brilha na Aurora!


Mernephtah Om Akron
Postar um comentário